quarta-feira, 11 de abril de 2012

Entrevista exclusiva para o blog Jovem, Tolo, Feliz

Primeiramente  quero dizer que amei o nome do blog  Jovem, Tolo, Feliz. É a minha cara kkkk. Valeu muito pessoal pela divulgação. Agora só nos resta esperar,  pois em maio a  nossa querida Editora Modo vai nos agraciar com esse lindo e esperado livro. Mais uma vez obrigado, adorei dar essa entrevista.


Exclusivo: Entrevista com Ana Carla Santos, autora de "Depois do Primeiro Beijo"!

Oi pessoas!!
Tudo na paz com vocês?
Hoje vim aqui super animado (como vocês podem ter notado), para contar-lhes que a simpática Ana Carla Santos, autora do livro que estou morrendo para ler depois de ótimas experiências nacionais, chamado Depois do Primeiro Beijo, concedeu uma entrevista exclusiva para o blog!! Como todos sabem, sempre me esforço para conseguir fazer autores nacionais darem voz aqui no JTF, e apresento-lhes mais esta incrível promessa nacional! Confiram a seguir um pouco mais de Ana e sua obra:
A protagonista do livro, Juliana, surgiu de uma concepção totalmente nova ou você se inspirou em fatos e características de seu próprio cotidiano para criá-la?
Busquei inspiração na minha própria época de adolescente. Fase importante para mim, onde ocorreram as descobertas, tomadas de importantes decisões, experiências antes nunca vividas... Foi muito gostoso compor a personagem e reviver tudo isso! Seus medos, inseguranças... São coisas que realmente acontecem com algumas garotas! Muitas delas vão se identifiar com a Juliana...
Porque o título Depois do Primeiro Beijo?
O livro fala da experiência do primeiro beijo e do encontro com o amor verdadeiro. Junto com a Juliana o leitor irá degustar de todas as primeiras impressões desse momento. Fortes sentimentos e emoções. Tudo o que acontece antes e depois do primeiro beijo.
Qual seu autor(a) favorito(a)? Seus estilos de escrita são semelhantes?
Adoro a Emily Brontë (O Morro dos Ventos Uivantes). Gosto do estilo com que descrevia os cenários e do modo genuíno com que criava seus personagens, pensando coisas e agindo sem hipocrisia. Precisa ter personalidade forte e muita coragem para escrever assim! Tento fazer meus personagens parecidos.
Você consideraria seu livro um romance "água com açúcar" ou uma obra da qual realmente podemos extrair aprendizados?
Nenhum livro vai agradar 100%. Vai ter sempre alguém que vai adorar e alguém que não. Isso vai ser do gosto de cada um. O livro se trata de uma leve comédia romântica escrita para o público adolescente, porém qualquer pessoa pode ler se assim a interessar. Como autora não acho que seja água com açúcar. Há um constante dinamismo dos personagens, a estória é carregada de deliciosas surpresas e muitas expectativas! Tramas vão acontecendo, mas não deixo o leitor sofrer muito no meio da estória: as coisas se esclarecem, porém vão surgindo outras. Hás belas descrições de cenários paradisíacos e genuinamente brasileiros. Os personagens são cativantes, cada um tem uma personalidade bem específica, acontecem muitas cenas de ação, aventuras e, é claro, romantismo. Muitas das situações vivenciadas pela Juliana trazem um aprendizado. Coisas do tipo: até onde você pode mentir para a suamãe ou qual a melhor hora de conversar com sua filha sobre sexo? São exemplos de questões importantes abordadas.
Nos conte mais a respeito do personagem Hélio e qual é seu papel fundamental na história...
Esse personagem é simplesmente encantador! É peça fundamental na estória e vem como um sábio conselheiro, um doce amigo no meio de todos aqueles adolescentes um tanto quanto... Destrambelhados.
Você acredita em amor verdadeiro? E quanto à Juliana?
Vou começar pela Juliana: ela não entende nada sobre o amor. Mas o amor vai de encontro a ela que, por sua vez, sem saber, vivencia o sentimento na sua verdadeira forma sem nem se dar conta da grandiosidade do mesmo. Quanto a mim: ele existe sim.
Podemos esperar sequências ou será um volume único?
O livro deixa um delicioso gosto de quero mais... Existe sim uma sequência, com mais aventuras e mais experiências. Porém, é um livro que ainda é uma hipótese, pois depende do sucesso do primeiro. Vamos ver a resposta do público!

Obrigado, Ana, por se abrir e fornecer essas magníficas respostas ao blog! Foi e está sendo incrível trocar palavras com você! Ansioso pelo livro!




Nenhum comentário:

Postar um comentário